Só nesta semana, quantas vezes você pensou que o dia deveria ter algumas horas a mais? Pois é, as atividades tomam conta da rotina, e o tempo parece cada vez mais escasso. Contudo, organização pode ser a palavra-chave para lidar bem com essas atribuições. Então que tal conhecer a técnica Pomodoro e o chamado Timeboxing para domar definitivamente seu tempo? Confira as dicas que preparamos e comece agora mesmo a ser mais produtivo!

Conheça a técnica Pomodoro

Elaborada em 1988 pelo consultor italiano Francisco Cirillo, a técnica Pomodoro visa a facilitar sua gestão do tempo. Naquela época, a estratégia – que utiliza um timer de cozinha – foi criada para otimizar a rotina de estudos do jovem universitário. Porém, sua metodologia acabou se disseminando pelo mundo (e se presta muito bem às atribuições do trabalho).

A ideia original consistia num timer com formato de tomate (em italiano, pomodoro). O dispositivo contava 25 minutos e, ao fim desse tempo, emitia um aviso sonoro. Assim, Cirillo passou a se concentrar ao máximo durante aquele período, de modo a concluir suas obrigações. Portanto, nos 25 minutos cronometrados, não desviava seu foco, nem permitia interrupções externas. Ou seja: permanecia 100% focado naquilo que se propunha a realizar.

Atualmente, o método é aplicado em diversas áreas e consiste na divisão do fluxo de trabalho em blocos. A ideia é favorecer a produtividade a partir de um foco único. Assim, o cérebro se organiza de forma mais clara, contribuindo na gestão do tempo e na qualidade da execução. Entre cada bloco de atividades, uma pequena pausa de cinco minutos é recomendada. Por fim, após quatro ciclos, o descanso deve ser maior, de aproximadamente 20 minutos.

Aplicando a técnica Pomodoro

Para colocar em prática essa técnica, comece listando as tarefas que devem ser feitas ao longo do dia. Para tanto, a dica é aproveitar seu app Notas no iPhone. Depois de anotar a sua “to-do-list”, é hora de começar. Estipule os 25 minutos no timer do iPhone ou Apple Watch (ou peça à Siri) e inicie os trabalhos com foco total. Em seguida, faça um intervalo para responder e-mails e mensagens ou preparar um café. Depois de cinco minutos, retome a atividade proposta e repita o ciclo até sua conclusão.

E o Timeboxing?

Um pouco diferente da técnica Pomodoro, o Timeboxing consiste na gestão do tempo a partir de “caixas”. Ou seja, depois de listar as tarefas que precisam ser feitas no dia, você deve estimar um tempo para a realização de cada uma.

Supondo que uma tarefa necessite de três horas para ser finalizada, a divisão do tempo pode ser feita em blocos de 30 minutos, com pausas entre eles. Dessa forma, o trabalho será executado durante o tempo previsto e, ao fim das três horas, deve-se partir para a próxima tarefa. Detalhe: mesmo que a anterior não tenha sido concluída.

O Timeboxing oferece benefícios como a possibilidade de monitorar as atividades iniciadas e concluídas, avaliando se os prazos foram cumpridos. Também é possível observar quais tarefas levaram mais tempo e as que foram finalizadas antes ou dentro do prazo. Com isso, é possível gerenciar o tempo e redistribuir as horas do dia de maneira mais eficiente.

Faça sua escolha

Ambos os métodos oferecem benefícios, então cada pessoa deve analisar qual se adapta melhor ao seu perfil e necessidade. Além disso, personalizar e customizar as técnicas de acordo com as demandas pode ser uma ótima opção! O ideal é manter uma programação adequada à realidade – e não se esquecer das pausas para o descanso. Isso porque o cérebro também precisa relaxar para seguir produtivo.

Para auxiliar no controle do tempo e na organização das tarefas, conte sempre com seu dispositivo Apple. Seja um iPhone, iPad, Apple Watch ou Mac, na iPlace você sempre encontra o modelo ideal. Acesse nosso site e conheça as opções! Ou, se preferir, visite a loja física mais próxima de você! 🙂

Foto: iStock/fizkes