Conseguir uma boa foto da lua é um desafio para muitos fotógrafos, sejam amadores ou profissionais. Afinal, quem nunca admirou uma noite de lua cheia e, ao registrar o momento, obteve apenas um “borrão” no céu? Se você compartilha desse mesmo problema, confira algumas dicas de como fotografar a lua nitidamente com seu iPhone!

Como fotografar a lua: passo a passo

1.     Baixe um aplicativo de fotos profissional

Em primeiro lugar, para melhorar seus resultados, a dica é fazer o download de um bom aplicativo de fotos. Por exemplo, o Adobe Lightroom é bastante intuitivo e capaz de fazer edições de alto padrão. Assim, é o app ideal para melhorar fotos e corrigir detalhes como brilho, nitidez e sombras. Definitivamente os maiores vilões para quem quer tirar boas fotos da lua.

2.      Ajuste as configurações do aplicativo manualmente

Mas não é apenas pela variedade de ferramentas que se indica utilizar um aplicativo. Afinal, o mais importante é ter controle manual sobre os principais recursos de câmera: abertura, ISO e velocidade. Aliás, os valores de cada uma dessas configurações precisam ser testados, visto que não existem parâmetros exatos. Assim, vale ter em mente o seguinte:

  • Abertura: refere-se ao ajuste da quantidade de luz que entra na câmera. Ou seja, quanto maior a abertura, mais luz é capturada.
  • ISO: responsável pela sensibilidade do sensor à luz. Nesse sentido, quanto menor o ISO, maior é a nitidez, já quanto maior o ISO, mais granulada fica a foto.
  • Velocidade: corresponde ao tempo em que o obturador da câmera ficará aberto para a entrada de luz. Assim, quanto maior a velocidade, menos tempo para entrar a luz. Porém, quanto menor for esse tempo, maior é a chance da foto sair tremida.

3.     Utilize o zoom óptico (e não o digital)

Como fotografar a lua é uma tarefa espinhosa, contar com boas lentes e saber usá-las será crucial. Afinal, é preciso que elas tenham o zoom necessário para captar a distância. Nesse sentido, o zoom digital proporciona aproximação, mas com uma brusca perda de qualidade. Entretanto, em modelos como o iPhone 12 Pro e iPhone 12 Pro Max, você pode contar com o zoom óptico. Logo, suas fotos ficam muito melhores, pois esse tipo de zoom usa a sobreposição de lentes para evitar qualquer distorções. Como resultado, a foto fica mais fiel à realidade, sem aquele “estouro de pixels” comum em ampliações realizadas digitalmente.

4.     Aposte num tripé

Diferentemente da mão humana, o tripé proporciona muita firmeza, ajudando a foto não ficar tremida e borrada. Caso você não tenha esse acessório, também vale apoiar e estabilizar seu iPhone sobre uma superfície plana. Além disso, uma boa dica é recorrer ao temporizador para o disparo. Isso porque, simplesmente tocar no botão de captura já pode mover o dispositivo, causando um borrão na imagem.

Com um iPhone, você têm à disposição recursos inexistentes na maioria dos smartphones. Portanto, na hora de fotografar a lua, tire proveito disso! Existem pelo menos dois recursos exclusivos que podem ser utilizados: o Modo Noite e o ProRAW. A função do primeiro é aperfeiçoar a luminosidade da câmera em situações de escuridão. Enquanto isso, o segundo consiste num formato de imagem especificamente desenvolvido pela Apple para resultados mais profissionais. Assim, as informações de cores e luz são salvas permitindo uma edição de qualidade, mas sem a perda desses dados.

E aí?! O que você achou do nosso passo a passo? Agora que você sabe direitinho como fotografar a lua, só falta aguardar o próximo espetáculo natural! Inclusive, se você gosta de registrar tudo, aproveite que já publicamos muitas outras dicas de fotografia aqui no blog!

Foto: iStock/m-gucci