#FiqueEmCasa. A hashtag do momento não poderia ter mensagem mais clara: durante a pandemia de Covid-19, o ideal é não sair à rua. Nem mesmo para ir ao médico, salvo em situações de urgência. É que, justamente pela concentração de pessoas doentes, clínicas e hospitais são locais de fácil transmissão do novo coronavírus.

Portanto, durante o período de quarentena, o ideal é encontrar maneiras de cuidar da saúde sem precisar sair de casa. Pensando nisso, a iPlace traz uma dica de aplicativo que pode ser de grande ajuda nesse momento.

 

Cuidar da saúde ficou mais fácil

O app Saúde, desenvolvido pela Apple, traz o que há de mais avançado em tecnologia voltada ao bem-estar. Ao usá-lo sincronizado no iPhone e no Apple Watch, é possível fazer um acompanhamento diário do seu estado de saúde. Isso porque o aplicativo coleta e processa informações sobre exercícios físicos, frequência cardiorrespiratória e qualidade do sono.

Você também pode incluir dados adicionais, como peso, pressão arterial, níveis de glicose e de colesterol. Assim, o aplicativo cria gráficos interativos que dão um panorama das suas tendências de saúde com o passar do tempo. E, com apenas um toque, você se aprofunda nos detalhes. Por meio de gráficos gerados automaticamente, é possível conferir as informações relativas a um mês, semana ou dia específico.

Além disso, o app é capaz de cuidar da saúde do usuário ao monitorar ativamente vários parâmetros. Por meio do Apple Watch, o aplicativo está sempre atento aos batimentos do seu coração. Dessa forma, consegue perceber quando a frequência cardíaca está muito alta ou muito baixa, o que pode indicar uma emergência. Nesses casos, o Saúde emite alertas imediatamente, muitas vezes até mesmo antes que o usuário perceba algum sintoma. E essa agilidade é crucial na hora de procurar atendimento.

Aliás, é importante ressaltar que, mesmo oferecendo inúmeros recursos, o aplicativo Saúde é um complemento, não substituindo o acompanhamento profissional. Inclusive, caso você esteja realizando algum tratamento de saúde, não deixe de manter contato com o médico responsável.

Durante o período de quarentena, várias clínicas estão oferecendo consultas por telemedicina, utilizando-se de vídeo-chamadas. E, em caso de emergência, não hesite em procurar um hospital.

 

Foto: iPlace | Divulgação