Riqueza de dados, mas com objetividade. Análises aprofundadas, mas com clareza. Diversas opções de visualização de cenários, mas com simplicidade e direção.

Convenhamos, toda empresa quer isso para seu planejamento de 2018. A má notícia é que elaborar um plano deste nível pode exigir horas, até dias, e muito empenho de diversos colaboradores de diferentes áreas. A boa notícia é que existe um modelo capaz de facilitar a execução do planejamento, auxiliando companhias de todos os setores a levantarem todos os critérios que precisam para aproximar suas rotinas da realidade do mercado e, principalmente, ganharem competitividade.

Não é novidade: estamos falando do modelo Canvas, já conhecido. O novo aqui é entender como adequá-lo ao planejamento em vista do mercado atual e futuro.

De início, vamos entender que o Canvas é útil para indicar as características fundamentais do modelo de negócio. Com isso, fica mais fácil para os gestores visualizarem práticas, elementos e gaps, melhorando a gestão e a pró-atividade ante gargalos que precisam ser solucionados.

Para trabalhar em um Canvas efetivamente útil para 2018, parta de alguns critérios:

– Faça um breve compilado dos pontos chave para o andamento do negócio

– Divida o modelo de negócios nos pilares de Oferta, Cliente, Finanças e Infraestrutura

– A partir disso, defina o que será ofertado em termos de produtos e serviços, quais os recursos necessários para esta oferta, qual o público-alvo para cada item e quais os canais para atingir esta audiência, bem como todas as fontes de receita e de custo da empresa

– Não é necessário gastar horas na montagem visual do plano: é possível baixar um modelo Canvas da web. Um site confiável para este fim é o do Business Model Generation

– Uma dica é imprimir o modelo e, em reunião com a equipe de planejamento, utilizar post-its para compor as ideias de cada área

Usando o Canvas com bases nessas recomendações certamente será mais fácil visualizar gaps atuais, sugerir soluções, encontrar possibilidades de melhoria da gestão e dos processos, identificar oportunidades de inovar a estratégia e os produtos.

Tudo para se planejar de forma inteligente e precavida para um ano que não será fácil: 2018 deverá ter inflação na casa dos 3,29% e aumento tímido do PIB – não mais do que 0,34% – segundo estimativas do Banco Central. Enquanto isso, o Fundo Monetário Internacional (FMI) rebaixou a projeção de crescimento econômico do Brasil de 1,7% para 1,3%.

Tudo indica que será um novo ano de enfrentamento de crise, que favorecerá empresas que souberem criar ofertas voltadas a reduzir custos, otimizar investimentos e aumentar a produtividade dos clientes. Com o auxílio do planejamento em Canvas, certamente esta será uma tarefa mais fácil.

There are currently no comments.